Terça, 16 de Julho de 2024
22°C 28°C
Fortaleza, CE

Internos da Colônia Agrícola Major César participam de projeto de ressocialização

Os internos produzem diariamente, 1.200 blocos de concreto, através das betoneiras fornecidas pela Secretaria Nacional de Políticas Penais.

11/07/2024 às 15h12
Por: Redação Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

O trabalho tem sido uma das ferramentas utilizadas pela Secretaria de Justiça do Piauí para reinserção social das pessoas privadas de liberdade. Na Colônia Agrícola Major César, localizada em Altos, os internos trabalham na reforma para melhoria da estrutura e ampliação da unidade. Além disso, também realizam o cultivo de hortas, em busca da ressocialização e remição de pena. 

Segundo o secretário de Justiça do Piauí, Coronel Carlos Augusto, esse é um processo importante para os internos do sistema penal. “Essa é uma unidade de semiaberto que as pessoas finalizam suas penas e aquelas que cometem crimes de menor potencial ofensivo. Estamos fazendo aquilo que acreditamos, colocando eles para trabalhar, estudar e ter uma ocupação”, disse.

Outro destaque é a horta da unidade, onde os internos produzem alimentos que são distribuídos para as outras penitenciárias do complexo de Altos. Silvio Apolinário é um dos internos que trabalham no local, ele já tem experiência e ensina os colegas promovendo ambiente de cooperação. “Desde o primeiro dia fui muito acolhido, estou passando meus conhecimentos para os outros e através disso melhorei várias coisas na minha vida”, ressaltou.

Os internos produzem diariamente, 1.200 blocos de concreto, através das betoneiras fornecidas pela Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen). 

O gerente da unidade, Reginaldo Torres, ressalta a importância dessa profissionalização. “A sociedade tem que entender que para ressocializar uma pessoa temos que tratá-la como um ser humano, tentando qualificá-lo e dando as oportunidades que eles não tiveram”, finaliza. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários