Terça, 16 de Julho de 2024
22°C 28°C
Fortaleza, CE

Comissão Temporária apresenta proposta do Governo para redução de déficit dos aposentados

Três meses depois da criação da Comissão Temporária de Representação para Monitoramento e Acompanhamento do Déficit Atuarial do Regime Próprio de P...

11/07/2024 às 13h11
Por: Redação Fonte: Assembleia Legislativa - MS
Compartilhe:

Três meses depois da criação da Comissão Temporária de Representação para Monitoramento e Acompanhamento do Déficit Atuarial do Regime Próprio de Previdência Social (MSPREV) e com o envolvimento de todos os parlamentares da Casa Legislativa, além dos membros do colegiado, o deputado estadual Paulo Duarte (PSB) apresentou o posicionamento do Governo do Estado sobre o desconto previdenciário de 14% dos servidores aposentados e pensionistas. O deputado esclareceu que “por meio do secretário de Administração, Frederico Felini, o Governo irá encaminhar, nos próximos dias, à Casa Legislativa projeto de lei isentando os aposentados e pensionistas portadores de comorbidades e doenças crônicas e que ganham até três salários”.

O projeto de lei do Poder Executivo deverá ser apreciado pelo parlamento já no início do segundo semestre. Antecipando o teor da matéria, o porta-voz da Comissão, deputado Paulo Duarte, explicou que serão contemplados 3.007 servidores aposentados e pensionistas que tenham como renda até três salários. “Isso significa que 90% das pessoas que têm comorbidades ou doenças crônicas ganham até três salários mínimos. Essas pessoas estarão isentas do pagamento da contribuição previdenciária de 14%”, revela o deputado.

Em relação aos 10% de aposentados e pensionistas que ganham acima de três salários até o teto previdenciário e possuem comorbidades ou doenças crônicas terão uma redução de R$ 398,00 na contribuição dos 14%. “O auxílio saúde de R$ 300,00 continuará sendo pago pelo Governo do Estado, o que representa R$ 30 milhões da receita. Mais os R$ 15 milhões do desconto de R$ 398,00, serão R$ 45 milhões que o Governo estará destinando para amenizar situação”, pontua o parlamentar.

Como membro da Comissão, o deputado estadual Paulo Duarte esclareceu, ainda, que entende as reivindicações da categoria e que as tratativas para encontrar soluções que atinjam de forma benéfica todos os aposentados e pensionistas continuam. “Aqui estamos legislando por aquelas pessoas que mais precisam. Continuarei aberto às discussões, propostas e críticas de forma tranquila, serena e respeitosa”, finaliza Paulo Duarte.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários